Sign In

Componente comum da paisagem urbana, o outdoor está entranhado no cotidiano das pessoas. Sua origem artesanal o coloca entre os primeiros meios publicitários da história.

OUTDOOR
Basta um olhar e lá está ele, diante da cidade, sempre com algo a comunicar para quem passa distraído ou atento, apressado ou com tempo. Se alguém não viu de primeira, também não importa, porque o encontro pode ficar para a volta, esperando numa outra avenida ou agendado para o dia seguinte.

Componente comum da paisagem urbana, o outdoor está entranhado no cotidiano das pessoas. Sua origem artesanal o coloca entre os primeiros meios publicitários da história. Sua comunicação objetiva e de impacto o torna atual. Sua capacidade de adaptação às inovaçoes tecnológicas reserva-lhe espaço no futuro.

O QUE É OUTDOOR?
Embora as pessoas tendam a denominar como outdoor toda a mídia exterior, o meio possui uma identidade. Por se caracterizar pela organização e coordenação, o outdoor é a mais utilizada mídia publicitária feita ao ar livre. Quando a intenção é causar impacto, seja no lançamento ou sustentação de produtos e serviços, o meio figura como uma das opções mais requisitadas pelas agências e anunciantes.

ORIGEM DO OUTDOOR
Anunciar ao ar livre foi a primeira opção do homem para divulgar produtos, serviços e idéias. Os comerciantes de vinho anunciavam em pedras talhadas em relevo, na Mesopotamia. Os gregos gravavam mensagens em rolos de madeiras. Os romanos pintavam retângulos brancos nos muros e, com carvão, escreviam anúncios de compra, venda e troca de mercadorias. Das primeiras experiências até hoje, a mídia exterior assistiu a invenção do papel (que se tornou um dos componentes de diferenciação do outdoor das demais mídias exteriores), a introdução de tecnologias como o rádio e a televisão, e, no final do século XX, a internet, que pode reunir diferentes mídias de qualquer parte do mundo dentro de um computador com a dimensão de uma maleta portátil.